quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Colaborar ou resisitir

Brasília, 29 de novembro de 2016
O Brasil está sob ocupação. Não ocupação de estudantes ou de manifestações democráticas. Ocupação neoliberal. Do capital estrangeiro. Do capital financeiro. Da grande mídia. Das milícias fascistas. Do Congresso Nacional. Do poder Judiciário. De um poder Executivo ilegítimo. E de boa parte da intelectualidade acadêmica. Todas as instituições estão ocupadas no macrointeresse do grande capital e no microinteresse de seus agentes. Macro e micropoderes convergem como um grade rolo compressor que tudo destrói, exceto os privilégios dos poderosos. O Brasil está sob ocupação. Para os não ocupantes restam apenas duas alternativas: colaboracionismo ou resistência. A omissão é um tipo de colaboração. O momento é de escolha. Dessa escolha dependerá o futuro do país.