sábado, 19 de março de 2016

Quando vale tudo para dizer nada

Ludwig Wittgenstein (1889-1951)
"Sobre aquilo que não se pode falar, deve-se calar." (Wittgenstein)

Quando nenhum conceito é mais utilizado com precisão, o preconceito fica sempre com a razão. Todo progressista vira comunista. Democrata vira esquerdopata. Luta contra a desigualdade vira atentado à liberdade. Defesa de inclusão social vira populismo radical

Quando fatos são desprezados, os ratos são inocentados. Tudo o que é noticiado não precisa mais ser comprovado. Delação vira condenação. O investigado que não é blindado, primeiro é encarcerado, depois é que é julgado, porque o ônus da prova, essa agora é nova, é dever do acusado.
Quando a irracionalidade domina, a discussão termina. O ódio contamina. O fascismo se anima. E a intolerância predomina.