segunda-feira, 18 de maio de 2015

Eu queria ser o Leonard Cohen

Leonard Cohen
Para Merval Pereira, o homem que pensa ser Bob Woodward, a delação premiada de Ricardo Pessoa levará ao Impeachment da presidente Dilma e a nomeação de Aécio Neves em decorrência da impugnação da chapa por abuso de poder político e econômico. Para Miriam Leitão, a mulher que queria ser Anne Krueger, as medidas sugeridas pelo FMI para que o ajuste fiscal seja bem sucedido são ainda muito brandas e, portanto, insuficientes. É preciso cortar mais fundo. E Fernando Henrique Cardoso, "o homem que queria ser rei", preferencialmente Luis XIV, o Rei Sol, afirmou, em Nova Iorque, que já perdeu popularidade, mas nunca a credibilidade. Bela frase de twitter do nosso moderníssimo FHC. Diante de tantos problemas e indignações, que tal uma viagem a Bordeaux para uma degustação de vinhos tintos? Pena que o real anda tão desvalorizado. Bom mesmo era no tempo da dupla Pedro Malan e Gustavo Franco, que queriam ser, respectivamente, Nicholas Brady e Alan Greenspan. O real queria ser mais dólar que o dólar. E eu queria ser o Leonard Cohen.