sábado, 16 de maio de 2015

Linguagem desfigurada

Roman God of the seasons - Giuseppe Arcimboldo


A figura de linguagem mais utilizada pela grande imprensa é a metonímia, que toma a parte pelo todo. Mas não a utiliza para obter um efeito de estilo linguístico e sim para igualar a parte ao todo. O artifício é extrapolar definições e ampliar conteúdos. Em outras palavras, nossos principais jornais abusam da metonímia com o único propósito de fazer generalizações grosseiras e escamotear simplificações intelectuais. Na literatura e nas artes visuais, o efeito pode até ser genial. Mas na imprensa, como recurso de linguagem, funciona apenas para distorcer dados e impor ideologias.