sábado, 16 de maio de 2015

Escalas relativas

Via Láctea - Arquivo de imagens da NASA
As relações sociais seguem como de costume: aos hierarquicamente inferiores, subserviência; aos superiores, indiferença. Entre a base da pirâmide e o topo, uma dinâmica de medo e arrogância permeia as relações. A ironia é que para cada um que lhe é subserviente, há alguém que lhe é indiferente. E geralmente em maior número. A miséria humana parece não ter fim. Um antídoto? Talvez olhar as estrelas. Ou quem sabe caminhar sozinho num deserto. As escalas se relativizam. Do alto de nossa gradeza, somos todos infinitesimais.