sábado, 16 de maio de 2015

Chuva de bala em verão seco

Foto Isabela Kassow
verão, verão
da bala perdida
do tiro certeiro
da arma que brilha
da lei que fuzila
sem pena da morte
do deus invocado
terror que aniquila
do mato queimado
da água que vai
do medo que vem
do ar que resseca
da terra que seca
do fogo que alastra
do vento que para
da chuva que foge
o asfalto que gruda
um plástico errante
em asfixia flutuante
a tartaruga que morre
mais um carro na rua
nesse janeiro sem fim